GRUPOS DE ESTUDOS



GEF - GRUPOS DE ESTUDOS DE FILOSOFIA

Diante da vontade de atender ao pedido de alguns alunos para terem mais tempo para abordarem assuntos trabalhados nas aulas, surgiu a ideia de fazer um Grupo de Estudos, a partir de uma experiência narrada por outro professor, numa formação na Diretoria de Ensino Guarulhos Norte.

O objetivo principal do grupo é aprofundar as abordagens filosóficas sobre temas específicos, desenvolvendo a reflexão, a visão crítica, a argumentação e habilidades de falar em público, por meio de leituras, interpretação, discussão, dinâmicas, oficinas teatrais e eventos culturais.

Devido a boa adesão a esta ideia, desde o começo, criamos dois grupos, que se reuniam intercaladamente a cada 15 dias às Quartas-feiras, após o horário das aulas. A princípio, os grupos eram restritos apenas para os alunos da escola Vereador Elísio de Oliveira Neves. Mas, após alguns pedidos de ex-alunos e de pessoas que gostariam de participar, abrimos espaço para o público em geral.

Os encontros não constituem aulas propriamente ditas. Mas, sim, um momento de discussão sobre os temas previamente definidos. Para isso, faz-se necessário que os participantes realizem leituras antecipadas sobre os assuntos, com o objetivo de apresentarem as compreensões particulares, sob a mediação dos professores Weslay A. Maia e Fabiano Pereira.

Desde o primeiro ano destes Grupos, os participantes são responsáveis por preparar, organizar e realizar o evento cultural chamado de "CAFÉ FILOSÓFICO", para o qual são convidados Professores universitários, especialistas, mestres e/ou doutores, para abordarem os assuntos propostos, diante dos alunos do Ensino Médio e demais participantes.

Desde 2015, o evento foi aberto ao público em geral, o qual tem de se inscrever para participar. A proposta é garantir a participação cada vez maior dos alunos, de toda comunidade escolar e demais interessados nas discussões filosóficas sobre assuntos relevantes, que nos dizem respeito.



PROPOSTA DE TRABALHO

A proposta dos Grupos de Estudos é trabalhar de modo diversificado e dinâmico, variando as atividades desenvolvidas, com o objetivo de desenvolver as habilidades pretendidas.

Para isso, buscaremos realizar:

>> ENCONTROS - nos quais faremos Leituras, Discussões, Análises sobre textos filosóficos; bem como Dinâmicas para melhorar a comunicação em público e desinibição;

>> VISITAS CULTURAIS - em exposições, museus, apresentações teatrais e artísticas em geral, com o objetivo de aumentar o capital cultural dos participantes, seja na área específica abordada pelos Grupos, seja em áreas das mais diversas;

>> DINÂMICAS DE GRUPO - caracterizada como debates, apresentações, encenações e afins, tanto em preparação para as apresentações durante o Café Filosófico, quanto para desenvolver a expressão corporal e comunicativa, levando os participantes a uma desenvoltura e desinibição;

>> CAFÉ FILOSÓFICO - um evento, preparado e realizado pelos participantes dos Grupos, para o qual são convidados especialistas, professores universitários, mestres e/ou doutores para tratar dos assuntos propostos, voltado à participação da comunidade escolar.



REALIZAÇÃO:





APOIO CULTURAL:

AGENDA DOS ENCONTROS DO GRUPO DE FILOSOFIA POLÍTICA - 2016


AOS SÁBADOS
Na Biblioteca Municipal Monteiro Lobato - R. João Gonçalves, 439 - Centro, Guarulhos
e na E.E. Ver. Elísio de Oliveira Neves - R. Cristóbal Cláudio Elillo, 366 - Cecap, Guarulhos




>>> CLIQUE NO TEMA PARA ACESSAR O ARQUIVO! <<<

DATA
TEMA
LOCAL
16/04
ABERTURA do Grupo 2016
Biblioteca
07/05
Resumo das abordagens anteriores: Introdução à Filosofia Política e Filosofia Política de Platão.
Biblioteca
21/05
(cancelado)
Escola Elísio
04/06
Resumo sobre Aristóteles e Maquiavel.
Biblioteca
18/06
Escola Elísio
02/07
Biblioteca
06/08
“Corrupção causa impotência?”
Biblioteca
20/08
Montesquieu: Sociedade e Poder
Rousseau e o Contrato Social
Escola Elísio
10/09
Ensaio – Café Filosófico
Biblioteca
17/09
Ensaio – Café Filosófico
A definir
24/09
Ensaio – Café Filosófico
Escola Elísio
01/10
Ensaio – Café Filosófico
A definir
08/10
IV CAFÉ FILOSÓFICO
Escola Elísio
22/10
Autoavaliação / Feedback do Evento
“Quem deve ser o dono do poder?”
Escola Elísio
05/11
Stuart Mill: liberdade e representação
Biblioteca
19/11
“Entre o confronto e o consenso: formas de lidar com as diferenças”
Escola Elísio
03/12
Marx: política e revolução
Biblioteca
10/12
Entrega dos Certificados / Confraternização
Escola Elísio


Os temas a serem discutidos serão extraídos dos seguintes livros:








Eis, abaixo, algumas fotos dos Grupos de Estudos de Filosofia:




>>>>>>> GRUPO DE 2016 <<<<<<<



1º Encontro - Dinâmica de Apresentação


1º Encontro - Apresentação


1º Encontro - Apresentação da Proposta de Trabalho


1º Encontro - Discussão e Encerramento


Entrega dos Certificados de Participação em 2015









>>>>>>> GRUPOS DE 2015 <<<<<<<

Primeiro Encontro do Grupo de Filosofia da Religião (03/06/15)
Segundo Encontro do Grupo de Filosofia da Religião (17/06/15)
Primeiro Encontro do Grupo de Filosofia Política (20/06/15)
Primeiro Encontro do Grupo de Filosofia Política (20/06/15)











>>>>>>> GRUPOS DE 2014 <<<<<<<

No segundo semestre, damos início ao Grupo de TEORIA DO CONHECIMENTO, cujos encontros aconteceram às Quartas-feiras, das 12h45 às 14h, quinzenalmente.


O primeiro encontro realizou-se no dia 27/08.









Além deste, damos continuidade com alguns participantes do ano anterior, agora tratando de FILOSOFIA POLÍTICA







Fotos do último encontro do ano:____________________________________________


Último Encontro de 2014.











>>>>>>> GRUPOS DE 2013 <<<<<<<


Foram distribuídas Fichas de Inscrições (em torno de 75 fichas para interessados) e foram entregues 36, devidamente preenchidas com dados pessoais e uma Redação. O intuito inicial era um único grupo contendo no máximo 15 alunos. Mas, a fim de aproveitar a boa adesão e o interesse dos que se manifestaram, resolveu-se montar dois grupos.
Os Encontros aconteceram todas as Quartas-feiras, intercalando os grupos, proporcionando reuniões quinzenais para cada um. Iniciamos após o horário de aulas, das 12h45 às 14h. 


Neste ano, ambos os grupos versaram sobre uma Introdução à Filosofia, à partir do Livro: Textos Básicos de Filosofia, de Danilo Marcondes.

Primeiro Encontro do Grupo Logos

Primeiro Encontro do Grupo Sophia


Fotos do último encontro do ano:


Último Encontro de 2013

Último Encontro de 2013

7 comentários:

  1. Neste 2º Encontro, refletimos sobre o Poema de Parmênides. Quais as principais ideias apresentadas no Poema discutido?

    ResponderExcluir
  2. Bem ,relendo o poema didático do filósofo Pré-Socrático Parmênides de Eleia ,concordo ser a linha adotada pelo filósofo extremamente lógica e coerente , uma vez se adotada só no âmbito existencial das coisas . Entretanto do ponto de vista ético , não me parece ser a melhor concepção a se adotar , sendo que a formação moral do ser humano é composta por um processo cujo qual o meio é circunstancial definidor , por tanto a se definir , por tanto ainda a vir ser. Sendo assim o ser é um eterno vir a ser , muito por eternamente vir a mudar . Concordo em existirem coisas essenciais ,imutáveis, eternas , mas estas estão por muito entrelaçadas com o finito e o ínfimo .

    ResponderExcluir
  3. Hoje em nosso encontro , não fiquei em silêncio a maior parte do tempo por estar constrangido ou com algum problema ... preferi na verdade absorver ao máximo possível de informação , já que o assunto hoje por nós discutido nos exigi muita dedicação e reflexão .

    Pois bem , de fato a concepção Heráclitana da realidade é fundamentada na mudança , no cíclico conflito que nos faz assim termos o equilíbrio ,a harmonia : Dia e noite , triste e feliz , luz e sombra etc .Uma vez que porém , a razão universal ( comum ) aos demais seres ( o logos ) seria a força ordenadora ( divindade ou Lei ) ,dessa realidade que estabelece a medida necessária , não obtendo nós influencia alguma na construção da mesma .
    Heráclito , confesso opositor da concepção monista de Parmênides , no entanto estabelece um princípio tal qual o eleiano , o de fundamentalidade , essencialidade , imutabilidade : A RAZÃO e a MUDANÇA .
    É ao meu ver , uma concepção mais aproximada do que imagino da realidade , não obstante que ainda prefiro refletir um tanto mais , e conhecer novos filósofos, para até mesmo construir com mais propriedade a MINHA CONCEPÇÃO DO TODO e do mundo que nos cerca .

    ResponderExcluir
  4. Professor deixo aqui uma breve síntese sobre oque pude entender sobre os a Pré -Socráticos , Parmênides e Heráclito . ( Hoje gostaria de estabelecer um paralelo entre ambas a acepções propostas por os filósofos , mesmo a claro embate entre ambas ideias ).

    O princípio estabelecido por ambos os filósofos , é o de ESSENCIALIDADE , como visto no " ser" Parmênenidiano , e na força ponderadora responsável pela medida( LEI UNIVERSAL e,ou / Ser DIVINO) nos eventos cíclicos e conflitosos responsáveis pela harmonia final , captada por nós através da experiencia dos sentidos .
    Ambos são pertencentes aos segundos filósofos Pré Socráticos ( os Abstracionistas ) , entretanto Heráclito é uma espécie de ponte que ligam-nos aos filósofos Materialistas , isso por ter tido quando jovem contato pra com os Filósofos da escola de Mileto ( Tales , Anaximandro e Anaximines ) não conseguindo se desvincilhar de forma completa dos anseios naturalistas e físicos tidos por estes filósofos .

    Professor , amanhã prometo escrever mais , agora preciso ir ( afinal não quero me atrasar para escola ) , se é que me entende . Amanhã entro no mérito dos sentidos e da razão , vistas do ponto de vista Heraclitano e Parmênidiano ( essas sim , acepções MUITO distintas entre os dois ) , e o MOBILISMO E MONISMO , desde mais dados históricos que acho de grande valia no entendimento das ideias de ambos . Fica assim minha primeira síntese sobre os Pré -Socráticos .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Renato!
      Muitíssimo interessante o paralelo que fizestes!
      Vou aguardar as outras abordagens e trataremos da finalização do seu discurso pessoalmente.
      Parabéns! Você está indo muito bem!

      Excluir
  5. Faz alguns meses em que realizamos o ultimo encontro do Grupo de estudos , e devido a sua ausência , professor , ( que sei , lerá o que escrevo ) nos distanciamos brevemente das discussões acerca das propostas filosóficas reflexivas . Não imagino um outro lugar para escrever de filosofia , e do quanto pude conhecer coisas novas e maravilhosas .
    Sinto-me verdadeiramente empolgado com o EXISTENCIALISMO , e conhecer Sartre um pouco mais profundamente vem sendo entusiasmador . O pouco que pude ler deste francês, eterno companheiro de Simone de Beavouir , me instiga muitíssimo a refletir e escrever mais . Fiquei tão empolgado que busquei livros de Sartre , o que infelizmente não obtive exito nas bibliotecas do Adamastor e Monteiro Lobato . Obviamente não perdi a oportunidade de estar nestes espaços , e tomei por empréstimo dois livros : Textos escolhidos de Marx e Engels , e Os pensadores : Heidegger . Este ultimo , confesso influenciador da filosofia Sartriana , me surpreendeu ao resgatar a reflexão acerca do SER , fazendo referências aos Pré-Socráticos , aos quais tenho irrestrita admiração . Apesar de não considerar-se EXISTENCIALISTA , Heidegger é tido como um dos pais , desta vertente filosófica , que posteriormente teria em Jean-Paul Sartre sua figura mais contundente . " A existência precede a essência " ... isso por dias martelou e ainda martela nos meus pensamentos . Com essas palavras Sartre , responsabiliza-nos de a nós mesmos nos criarmos , nos reinventarmos , pois primeiro somos seres existentes para depois CONSTRUIRMOS nossa essencialidade . Somos todos responsáveis pelo oque somos , embora de modo parcial , pondero .
    Conheci entusiasmadoramente à outra figura impactante da filosofia , que na verdade já me era conhecida : Friedrich Nietzsche . Sou admirador da sua filosofia por vários motivos , oque posso entretanto salientar , é a força com qual as coisas por ela descrita se atesta no todo período da pós modernidade até hoje . Tudo é muito real e franco , tanto que as vezes até fere . Não sou de todo concordante com o que propõe o Alemão , mas essa é a graça da Filosofia , de tudo ser tão passível de contestamentos e contra-argumentos , e assim eterna potencializadora de si e novas descobertas .

    ResponderExcluir
  6. Fico muito feliz que não tenhas esmorecido nestas reflexões! E, inclusive, estive pensando em fazermos algumas adaptações nos Encontros deste ano. Fazermos, sim, uma visão geral da Filosofia, como parte introdutória; mas, também, de estabelecermos um tema mais específico para aprofundamento.
    Na nossa primeira reunião discutiremos com mais detalhes e quem sabe, o existencialismo não entre neste momento mais específico... ;)

    ResponderExcluir

Deixe aqui observações, críticas, comentários, sugestões.